Medição de emoções: auto-avaliação como alternativa à biometria

Compreender a jornada emocional da experiência com um produto pode proporcionar mais percepções do que apenas as métricas de usabilidade padrão. No entanto, as ferramentas de biometria podem ser caras e intrusivas, e as interpretações dos pesquisadores podem ser muito subjetivas. Pedir que os participantes façam uma auto-avaliação de suas emoções com o auxílio de um gráfico emocional pode ser mais econômico, imparcial e preciso em comparação com outras alternativas.

O artigo completo está disponível somente em inglês.

Garcia, S. (2016). Medição de emoções: auto-avaliação como alternativa à biometria. User Experience Magazine, 16(3).
Retrieved from http://uxpamagazine.org/measuring-emotions/?lang=pt