Compreensão da realidade (Virtual): Minhas fugas da realidade (Convencional)

A realidade virtual engana seu cérebro para que você experimente coisas que não existem por meio de plataformas de hardware que aproveitam a forma como nosso cérebro cria um senso estável da realidade, mesmo quando os estímulos sensoriais mudam. O movimento e os efeitos visuais contribuem para a experiência do usuário. A fotografia é uma parte importante da experiência visual e pode produzir uma realidade de pés no chão ou uma sensação de distorção, seguindo ou violando as regras de posicionamento da câmera.

O artigo completo está disponível somente em inglês.

Herring, R. (2017). Compreensão da realidade (Virtual): Minhas fugas da realidade (Convencional). User Experience Magazine, 17(5).
Retrieved from http://uxpamagazine.org/getting-a-grip-on-virtual-reality/?lang=pt

Comments are closed.